#EleNão: servidores participam de ato em defesa da democracia e dos direitos humanos

O Sindicato dos Servidores no Poder Legislativo do Estado de Pernambuco (Sindilegis-PE) expressou apoio, no último sábado (29), à luta das mulheres brasileiras contra toda forma de violência e discriminação, especialmente o machismo. Diretoras, diretores, representantes de base e filiados estiveram no ato #EleNão, no Centro do Recife.

“Foi um momento histórico, a maior passeata promovida por grupos feministas no País e com amplo apoio da sociedade civil organizada, expressando a revolta de todos contra posturas machistas, homofóbicas e racistas que reverberam no discurso do candidato à Presidência que lidera as pesquisas no 1º turno”, observou a secretária de Comunicação do Sindilegis-PE, Helena Alencar.

Com concentração na Praça do Derby, a manifestação política seguiu pela Avenida Conde da Boa Vista, reunindo uma multidão em defesa da democracia e dos direitos humanos. A passeata encerrou-se por volta das 18h30, na Praça do Diário. O Sindilegis se somou a outros sindicatos, partidos políticos e movimentos sociais que se posicionam contrariamente à conduta e aos discursos do referido candidato, sob a temática #EleNão.

Para o presidente do sindicato, Marconi Glauco, a presença da instituição e de servidores do Poder Legislativo representa uma posição em defesa das conquistas civis emancipatórias. “O Sindilegis-PE, observando os preceitos fundamentais da Constituição da República e os princípios orientadores do próprio estatuto, bem como sensível às causas populares e à proteção dos direitos da classe trabalhadora – e especial, das mulheres –, não poderia deixar de manifestar apoio ao movimento”, pontuou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *