Sindilegis-PE reúne Categoria e encaminha Campanha Salarial 2022

Em Assembleia Geral, no Auditório da Alepe, o Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa de Pernambuco(Sindilegis-PE) reuniu-se com a categoria, na tarde desta quinta (07), para debater a campanha salarial e a aprovação dos 14 pontos da Pauta de Reivindicações deste ano.

Na abertura do encontro, a representante do Dieese, Jaqueline Natal, apresentou dados socioeconômicos de Pernambuco e do país. A conjuntura econômica brasileira, a evolução do PIB brasileiro e os percentuais e estimativas para o IPCA foram alguns dos dados exibidos na apresentação da supervisora técnica do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos.

Ao final, foram aprovados 14 pontos da Pauta pela categoria, que serão encaminhados à Mesa Diretora da Alepe. Entre eles, reajuste salarial de 5%; atualizações na carreira de especialista do Poder Legislativo; ocupação dos cargos de direção, assessoramento, chefia e gerência por servidores de carreira da Assembleia Legislativa; criação de uma política de saúde para os servidores; Mesa de negociação permanente; política de formação profissional e capacitação continuada dos servidores e servidoras; política de estágio por meio de seleção pública; melhoria nas condições de trabalho e segurança interna da Alepe; defesa da TV Alepe; Aprovação e implantação do projeto de resolução do trabalho remoto; além da realização de concurso público em 2023 e da mudança de requisito de ingresso na carreira de Agente e de Policial Legislativo.

O presidente do Sindilegis-PE, Maurício da Fonte, comemorou o engajamento da categoria e a participação na Assembleia Geral. “É muito importante esse envolvimento dos servidores nas pautas que são defendidas pelo nosso sindicato. Unidos, seguiremos lutando pela valorização das servidoras e dos servidores da Alepe”, afirmou.

Sindilegis-PE realiza seminário de planejamento da Campanha Salarial 2022

A reposição salarial anual de 5% (com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor INPC) foi um dos principais pontos discutidos no encontro.

Direção, Conselho Fiscal e Representantes Sindicais de Base do Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Sindilegis-PE) participaram, nesta quinta (31), do Seminário de planejamento da Campanha Salarial de 2022.

Na abertura do seminário, a economista e supervisora técnica do Dieese Jaqueline Natal apresentou dados socioeconômicos do país para demonstrar o desmonte do Estado Brasileiro nos períodos dos governos Temer e Bolsonaro.

Também foi exposto um comparativo de dados com o cenário da economia global, demonstrando a fragilidade da economia brasileira com o impacto de políticas econômicas negativas como a PEC do teto dos gastos (regime fiscal que limita os gastos com políticas públicas), a Lei da Terceirização, as Reformas Trabalhista e da Previdência, entre outras ações que afetaram os direitos da Classe Trabalhadora no Brasil ao longo desses anos.

No período da tarde, os dirigentes se reuniram para definir importantes pontos da Campanha Salarial deste ano, como a mesa de negociação permanente com a Casa, a criação de uma política de saúde para os servidores e uma política de formação profissional e capacitação continuada da categoria, entre outros.
“O seminário foi muito proveitoso. Agora, vamos discutir com a categoria sobre os rumos da Campanha e, para isso, precisamos da participação de todos e todas”, reforçou o presidente do Sindilegis, Maurício da Fonte.

Para isso, ele lembrou que, na próxima quinta (07), acontecerá a 1a Assembleia Geral com os servidores da Alepe, com o objetivo de analisar e aprovar a Pauta de Reivindicações de 2022. O encontro com a categoria acontece no Auditório Sérgio Guerra, a partir das 14h.

Servidores escolhem membros da Comissão Eleitoral 2021 

Os integrantes da Comissão Eleitoral que coordenará o pleito do Sindilegis-PE em 2021 foram escolhidos pela categoria em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) virtual realizada na última sexta (15). O colegiado é responsável por organizar o ambiente de votação, verificar documentos e resolver conflitos, além de designar e gerenciar os mesários.

A chapa formada por José Carlos Nascimento de Santana (presidente), Giordano Castro de Andrade (vice-presidente), Ana Cecília Soares Bezerra, Cleyton José Araújo de Aguiar e Alcidésio Barbosa de Moura foi eleita por unanimidade para atuar no processo eleitoral. “Tentaremos trabalhar da melhor forma possível, com tranquilidade, transparência e democracia, para que toda a categoria possa se expressar. Vamos trazer a cidadania em prol de nós mesmos”, frisou Castro.

O presidente do sindicato, Marconi Glauco, avaliou positivamente a AGE. “Foi muito boa, com o comparecimento expressivo de servidores e filiados, além da participação dos advogados que estão coordenando o processo do ponto de vista legal”, destacou. “A Comissão já está trabalhando para que tudo transcorra bem até a eleição, de modo que se inicie, em breve, uma nova gestão no Sindilegis-PE.”

A eleição dos membros da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal do Sindilegis-PE para o triênio 2021-2024 acontecerá nos dias 2 e 3 de dezembro (quinta e sexta), das 9h às 16h, no auditório do Anexo I da Alepe.

Edital de convocação – AGE de 15/10/2021

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA ASSEMBLEIA GERAL DE ELEIÇÃO DO SINDICATO DOS SERVIDORES DO PODER LEGISLATIVO DO ESTADO DE PERNAMBUCO-SINDILEGIS/PE, CNPJ 11.376.928/0001-91.

O Presidente e a Diretoria do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo do Estado de Pernambuco – SINDILEGIS-PE, CNPJ 11.376.928/0001-91, no uso das suas atribuições e em estrito cumprimento aos ritos e prazos estatutários, convoca tempestivamente todos os seus afiliados (funcionários efetivos, ativos e aposentados) aptos e em pleno gozo de seus direitos para participarem da ASSEMBLEIA GERAL DE ELEIÇÃO (nos termos do art. 59 do Estatuto do Sindilegis-PE e em atenção à decisão da categoria tomada em Assembleia Geral ocorrida em 07 de maio de 2021, que deliberou pelo adiamento extraordinário do pleito eleitoral e consequente prorrogação de mandato), assembleia a ser realizada nos dias 02 e 03 de dezembro de 2021, das 09h às 16h, no auditório do Anexo I da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco, à Rua da União, 439, 4º Andar, Boa Vista, Recife/PE, a fim de elegerem os membros da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal, para o triênio 2021/2024, sendo aceitas as chapas que se registrarem na sede do Sindicato, no prazo máximo de 30 (trinta) dias contados dessa publicação, conforme prevê o art. 63 do Estatuto do Sindilegis-PE.

 

Recife, 1º de outubro de 2021.

 

Marconi Glauco Valadares Vieira Pires

Presidente

 

 

 

 

 

 

Sindicato atualiza servidores sobre conquistas e pautas da Campanha Salarial

Na manhã da última sexta (10), o Sindilegis-PE promoveu uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) virtual para atualizar a categoria sobre a Campanha Salarial 2021. O destaque foi para a conquista do novo auxílio saúde dos servidores e servidoras, que puderam tirar dúvidas sobre a implementação do benefício.

A partir da aprovação, pela Alepe, da Resolução nº 1.748/2021, o auxílio saúde passou a corresponder a 5% dos vencimentos dos funcionários efetivos e comissionados, excluídas as vantagens pessoais ou verbas indenizatórias. O novo benefício se estende aos aposentados. Em qualquer caso, o valor não pode ser menor que 5% do vencimento do Nível 10 do cargo de Agente Legislativo.

O presidente do Sindilegis-PE, Marconi Glauco, lembrou que o auxílio não sofria mudanças significativas desde a implantação, em 2011. “Teve apenas um acréscimo de 10% em 2012 e, desde então, manteve-se congelado”, explicou “Sendo um percentual, será atualizado sempre que houver reajuste nos vencimentos”. Ele também pontuou que as vitórias são fruto do trabalho da diretoria com o respaldo da categoria. “Sem a base, o sindicato não seria nada. Quanto mais engajada ela está, mais fortes somos.”

Na reunião, foram debatidos outros temas, como a proposta de um modelo de trabalho híbrido na Alepe e a atualização das tabelas de cargos e salários. Além disso, entraram na pauta da negociação demandas como a de estacionamento para carros e bicicletas. Houve, ainda, informes sobre as eleições para dirigentes e Conselho Fiscal, previstas para dezembro.

Os problemas percebidos pelos servidores no retorno ao trabalho presencial também foram abordados. Sobre a questão, a diretoria do Sindilegis-PE disponibilizou um canal para receber as queixas, que serão encaminhadas à direção da Alepe por meio de ofício e discutidas com os superintendentes responsáveis. Basta enviar uma mensagem pelo WhatsApp para o número (81) 99329-1565.

Categoria aprova adiamento das eleições para dezembro

As eleições para a Direção e o Conselho Fiscal do Sindilegis-PE serão adiadas para dezembro de 2021. A decisão foi tomada, por unanimidade, em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), realizada nesta quinta (7), para deliberar sobre a transferência do pleito em razão da pandemia de Covid-19. A votação estava prevista para junho deste ano.

“Observamos um agravamento da crise sanitária, por causa do atraso na compra das vacinas e de orientações do Governo Federal contrárias ao uso de máscaras e ao distanciamento social”, explicou o presidente do sindicato, Marconi Glauco. “Assim, a Diretoria avaliou que seria melhor postergar a eleição.”

O gestor do Sindilegis-PE salientou, porém, que a data ainda pode mudar, a partir da realização de uma nova AGE, caso o cenário não melhore. “Estamos prevendo para dezembro com base no anúncio do Ministério da Saúde de que, até lá, teremos toda a população brasileira vacinada”, afirmou. “Também existe a possibilidade de um pleito virtual, como fizeram outras categorias. Mas isso requer a compra de uma plataforma segura, o que implica em um custo alto.”

Presidente do Conselho Fiscal do Sindilegis-PE, Edinilson Cardoso pontuou que a mudança no mês de eleição seria mais adequada à prestação de contas. Isso pode ser feito por meio de uma atualização do estatuto da entidade. “Já havíamos sugerido que o término do mandato coincidisse com o exercício financeiro (de janeiro a dezembro), para não dividir a análise das contas entre diferentes diretorias”, esclareceu o servidor.

A posição foi endossada pelo tesoureiro-geral, Josias Ramos. “Além disso, acredito que uma eleição virtual seria complicada pelo perfil da categoria: metade dos servidores são idosos, muitos deles, aposentados e com dificuldade para acessar plataformas digitais. Ouço esses relatos com frequência”, disse.

Edital de convocação – AGE de 07/05/2021

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DO SINDICATO DOS SERVIDORES DO PODER LEGISLATIVO DO ESTADO DE PERNAMBUCO-SINDILEGIS/PE.

O Presidente e Diretoria do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo do Estado de Pernambuco – SINDILEGIS-PE, no uso das suas atribuições e em estrito cumprimento aos ritos e prazos estatutários, convoca tempestivamente todos os seus afiliados aptos e em pleno gozo de seus direitos para participarem de Assembleia Geral Extraordinária específica a ser realizada em formato virtual, nos moldes da legislação em vigor decorrente da calamidade pública e agravamento da pandemia pelo novo coronavírus, AGE virtual a ser realizada no dia 07 de maio de 2021, às 10 horas em primeira convocação, e às 10h30 em segunda e última convocação, para apreciar e deliberar sobre o seguinte ponto de pauta:

1. Adiamento do Processo Eleitoral do Sindicato e consequente dilação do mandato da atual Diretoria e Conselho Fiscal em razão da suspensão das atividades presenciais no âmbito da ALEPE e sobretudo em virtude do estado de calamidade pública mais uma vez prorrogado por 180 dias (vide Decreto Estadual nº 49.959, de 16 de dezembro de 2020) e sobretudo diante do agravamento da pandemia pelo novo coronavírus em Pernambuco. A plataforma utilizada para realização da Assembleia será a Plataforma Zoom.

As orientações de como adquirir o link para acessar a plataforma estará disponível no site do Sindilegis (http://sindilegis-pe.com.br) e nas redes sociais oficiais da entidade.

Recife, 29 de abril de 2021.

Marconi Glauco Valadares Vieira Pires

Presidente

Sindilegis-PE atualiza categoria sobre Campanha Salarial

Foi realizada, nesta sexta-feira (12), a terceira Assembleia Geral Extraordinária (AGE) da Campanha Salarial 2021. Na ocasião, uma diretoria do Sindilegis-PE prestou esclarecimentos à categoria sobre o andamento das contas, além de combinar os próximos passos a serem tomados .

Os dois projetos de lei que correspondem aos pontos 1 e 2 da pauta concluíram a tramitação na Alepe, com a publicação dos pareceres no Diário Oficial de hoje. A próxima etapa é a sanção pelo governador e a publicação das normas. As reportagens tratam da revisão do auxílio-saúde e da reformulação das tabelas salariais, aplicando-se tanto aos servidores efetivos quanto aos comissionados.

O novo valor do auxílio-saúde – que não sofre reajuste quase uma década, desde que foi criado – também beneficiário dos servidores aposentados. Além disso, como compensação sobre a questão iniciaram em 2020, haverá pagamento dos retroativos devidos.

“A lei do auxílio-saúde deve ser implantada de imediato. Nossa expectativa é de que, ainda no mês de março, tenhamos o novo valor e o pagamento do retroativo devido ”, informou o presidente Marconi Glauco. “Em relação à reformulação da tabela salarial, se daria a partir de janeiro de 2022, conforme está no texto, mas dependerá também da disponibilidade orçamentária da Alepe.”

No dia 26 de março, às 10h, haverá Assembleia Geral para a aprovação das contas de 2019 e 2020 do Sindilegis-PE. O edital será divulgado por meio do site e das redes sociais do sindicato.

Edital de convocação – AGE de 12/03/2021

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DO SINDICATO DOS SERVIDORES DO PODER LEGISLATIVO DO ESTADO DE PERNAMBUCO – SINDILEGIS-PE, MODALIDADE VIRTUAL.

O Presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo no Estado de Pernambuco – SINDILEGIS-PE, no uso de suas atribuições conferidas pelo art. 14, inciso II do Estatuto Social, convoca uma Assembleia Geral Extraordinária no próximo dia 12 de março de 2021, na modalidade virtual por vídeo conferência, às 10:00h (dez horas) em primeira convocação, alcançando o quórum para sua realização e/ou às 10:30h (dez horas e trinta minutos) em segunda convocação, com qualquer número dos presentes, para discutir, encaminhar e/ou deliberar sobre a seguinte pauta:

1 – ACOMPANHAMENTO DAS NEGOCIAÇÕES DA PAUTA E ANÁLISE;

2 – VOTAÇÃO DE PROPOSTAS DA MESA DIRETORA;

3 – OUTROS ASSUNTOS.

Recife, 09 de março de 2021

Marconi Glauco Valadares Vieira Pires

Presidente

Categoria aprova pauta da Campanha Salarial 2021

Foi realizada, na manhã desta sexta (5), a segunda Assembleia Geral Extraordinária (AGE) do Sindilegis-PE para discutir e aprovar a pauta da Campanha Salarial 2021.

Conforme referendado pelos participantes do encontro, os dois primeiros pontos do documento dizem respeito às propostas já encaminhadas e aprovadas pela Mesa Diretora da Alepe: a revisão das carreiras e o reformulação do auxílio-saúde.

As medidas se aplicariam tanto aos funcionários efetivos como aos comissionados, resguardadas as diferenças de níveis e gratificações. No caso da revisão nas tabelas de cargos e carreiras, a implantação ocorreria apenas em 2022, em respeito às restrições da Lei Complementar Federal nº 173/2020. Já o auxílio-saúde poderia ser implantado de imediato.

O presidente do Sindilegis-PE, Marconi Glauco, frisou que ambas as proposições estão dentro da realidade do orçamento da Alepe. “Nosso auxílio-saúde tem quase uma década e precisa de uma atualização. Outras categorias, inclusive, já avançaram nesta questão”, explicou o dirigente sindical. Já a revisão da tabela consta na pauta da Campanha Salarial desde o ano passado.

Uma novidade na pauta deste ano é a regulamentação do trabalho remoto, que foi incluída e destacada no item sobre condições de trabalho, em razão da pertinência da demanda com a necessidade de isolamento social decorrente da pandemia de Covid-19. Com relação ao ponto do concurso público, em virtude da legislação federal, a demanda passará para o ano de 2022.