Diretoria do Sindilegis PE se reúne para analisar temas importantes para a categoria

A Diretoria Executiva do Sindilegis-PE, em reunião na manhã da última sexta-feira (11), definiu estratégias e encaminhou importantes pontos da pauta 2023 que impactam diretamente nos rumos da categoria.

Além da pauta, o tema mais debatido foi o efeito da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que trata da aposentadoria de servidores admitidos na Alepe antes da Constituição Federal de 1988.

Também foi discutida a possível Reforma Administrativa que a Mesa Diretora da Alepe está propondo, bem como questões relacionadas à criação da CIPA (Comissão Interna de Prevenção a Acidentes).

O presidente Ítalo Lopes destacou a importância do encontro e garantiu que o sindicato está atento às decisões mais importantes deste segundo semestre. “A nossa primeira reunião após o recesso parlamentar de julho serviu exatamente para pensarmos os melhores caminhos de atuação sindical diante dos recentes acontecimentos que envolvem a nossa categoria”.

E completou: “Estamos em constante diálogo com a Procuradoria da Casa e com nossa assessoria jurídica, e vamos procurar a Mesa Diretora para encaminhar estas questões o mais rápido possível”.

Por: Almir Cunha/ASCOM Sindilegis PE

Sindilegis tem novo Presidente

Após um ano à frente da presidência do Sindilegis-PE, o companheiro Maurício da Fonte pediu licença do cargo por tempo indeterminado para assumir a Secretaria Geral da Mesa Diretora da Alepe. Seguindo o rito regimental, a diretoria se reuniu e sacramentou para o seu lugar o atual vice-presidente, Ítalo Lopes, dando prosseguimento ao triênio 2021/2024.

Ítalo tem 33 anos, é advogado formado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com especialização em Direito do Trabalho, Direito da Família e Sucessões, também pela UFPE, e Gestão Pública pela UPE.

Agente Legislativo desde 2015, ele é lotado na Gerência de Cadastro, Pesquisa e Legislação Estadual, vinculada ao Departamento de Legislação Estadual da Secretaria Geral da Mesa Diretora. Ítalo foi representante de base, entre 2015 e 2018, e Secretário-Geral do Sindilegis, de 2018 a 2021. Até então, ocupava o cargo de vice-presidente da gestão Democracia, Unidade e Luta.

O novo presidente também compõe a titularidade do Conselho de Administração da Fundação de Aposentadorias e Pensões dos Servidores do Estado de Pernambuco (Funape), por indicação da Central Única dos Trabalhadores (CUT-PE) no Fórum dos Servidores Estaduais.