Sindilegis-PE realiza primeira assembleia virtual da Campanha Salarial 2021

Pela primeira vez, o Sindicato dos Servidores Públicos do Poder Legislativo do Estado de Pernambuco (Sindilegis-PE) realizou uma Assembleia Geral Extraordinária no modelo virtual. Mais de 50 filiados participaram do encontro, por meio da plataforma Zoom, no qual foram debatidos os pontos mais urgentes da Campanha Salarial 2021.

O principal assunto foi o item 3 da pauta de 2020, que aborda a revisão da tabela salarial. A proposta da diretoria do sindicato é ampliar essa proposta, de modo a recuperar perdas sofridas pelos servidores com a restrição imposta aos reajustes no funcionalismo público pela Lei Complementar Federal nº 173/2020.

“Estamos há dois anos sem reposição salarial, o que já representa em torno de 10% de perda do poder de compra. Se observarmos o índice da cesta básica, seriam mais de 20%”, informou o tesoureiro do Sindilegis-PE, Josias Ramos. “Se a gente conseguir implantar a revisão da tabela salarial, a partir de 2022, conquistaremos certa estabilidade financeira em um horizonte de quatro a cinco anos.”

No início da reunião, o presidente do sindicato, Marconi Glauco, fez uma contextualização política da situação. “Como vocês vêm acompanhando no noticiário nacional, pretende-se atacar os servidores públicos para financiar um novo auxílio emergencial”, explicou. “Há alternativas a isso, como a taxação de grandes fortunas e a reforma tributária, porém, mais uma vez, estamos no foco, como já estivemos com as reformas da Previdência e a Trabalhista.”

Uma nova Assembleia Geral com a categoria deve ser realizada no dia 5 de março (sexta-feira), às 10h, a fim de debater os demais pontos da Campanha Salarial 2021. As demais informações serão divulgadas nas redes sociais do sindicato.